22 Novembro 2014

Adorava viver na California



Muitos riders sonham em viver na Austrália, evidentemente que no Havai seria ideal, mas por mim adorava viver na Califórnia. Talvez seja da imagem que projetamos dos filmes americanos, não sei... Percebo perfeitamente o fascínio dos primeiros exploradores ocidentais pelo "ouro" da Califórnia.

A Califórnia é o maior centro industrial dos EUA, com grandes cidades como Los Angeles, San Francisco, San Diego e San José. É casa da famosa onda The Wedge, Laguna Beach, The Pier, etc. Se formos para o Norte então são surf trip constantes. Há muito por descobrir.

Alex Leon Confirma APB 2015 - Análise


Sem pompa nem circunstância, Alex Leon anunciou a continuidade do circuito 2015 APB. A maneira como a notícia é dada foi como de um doente terminal se tratasse... O doente ainda viverá por mais um tempo (APB is alive).

Estranhamente Magno Passos (sempre ele) lançava a dúvida da etapa de Pipeline. A verdade é que segundo pudemos ler não sabemos de nada, a única notícia é que haverá campeonato.

Vamos fazer figas, dado que Pipeline e Arica são sempre campeonatos muito bons, mas a ausência de riders como Jeff Hubbard e David Hubbard, David Winchester, Ryan Hardy, Jake Stone e Ben Player em metade das etapas é triste.

Triste foi a ausência de muitos nomes na etapa de Sintra. Portugal esse país longínquo. Tudo ficaria melhor se os franceses fizessem a parte deles e colocassem de pé uma etapa em França, na La Graviere... Os espanhóis também andam a falhar com El Fronton, nem o King of El Fronton começou...

A existência de três etapas europeias umas atrás das outras permitiria aos atletas havaianos e australianos uma gestão mais eficaz dos seus orçamentos.

O Ladrão de Peniche 2



O ladrão de Peniche foi uma crónica escrita em 2012, onde relatávamos a existência de um amigo do alheio que furtava fatos e pranchas aos pros durante o campeonato mundial de surf. Ele foi "apanhado" em flagrante delito.

Nos dias de hoje, funcionários públicos de topo, ex-ministros, polícias, é tudo detido por investigação criminal. Eles "andem" aí, deixem a justiça funcionar e convém não fazer julgamentos na praça pública. Esta detenção, neste momento, é estranha...

Honeste vivere, neminem laedere, suum cuique tribuere foi um princípio defendido por um jurista romano, Ulpiano, e significam os preceitos do direito: viver honestamente, não prejudicar ninguém e dar a cada um o que lhe pertence. Ver aqui.

São princípios perfeitamente aplicáveis a uma surfada, surfar as ondas honestamente, não dar a volta ao pico e sobretudo não dropinar.




Gopro resiste 17 meses debaixo de água


As cameras gopro vieram revolucionar a indústria fotográfica. Criada na Califórnia para poder filmar as surfadas a sua utilização diversificou-se para qualquer desporto ou atividade. Muitas das vezes perdem-se no Mar e ficamos chateados.

Desta vez uma pessoa encontrou uma gopro e quando chegou a casa ela ainda funcionava e conseguiu verificar que os vídeos que continha tinham 17 meses.

Jellyfish Barge | Estufa do Mar


Inspirados nas formas de uma água-viva, os biólogos e arquitetos que atuam no grupo desenvolveram uma estufa flutuante, que é capaz de produzir alimentos utilizando até mesmo a água salgada do mar. Apelidada de Jellyfish Barge, a construção é feita com materiais simples e é ideal para áreas costeiras.


Via: Secti Bahia

21 Novembro 2014

Açores - As coisas vão mudar



Os governos regional e nacional anunciaram em julho um acordo que liberaliza as ligações aéreas entre o continente e as ilhas de São Miguel e Terceira (abrindo assim a porta à entrada das chamadas 'low cost') e assegura uma tarifa máxima para os residentes nos Açores nas viagens a Lisboa e ao Porto de 134 euros.

Trata-se de uma medida que vem, por um lado, dotar as rotas aéreas para os Açores de uma efetiva concorrência afastando um monopólio da SATA que não tinha razão de ser. Por outro lado permite aos açorianos preços mais baixos e assim o Estado deixa de estar onerado ao pagamento da insularidade.

Outro motivo, de menor interesse público, é o facto dos Açores ficarem mais "perto" de todos os portugueses, principalmente os amantes de ondas. Não é que os Açores sejam as Ilhas Canárias (que foram mais abençoadas em termos de ondas), mas são um destino interessante em termos de ondas, possivelmente até desvalorizado.

A onda de Santa Catarina já não é segredo desde há alguns anos, sobretudo depois do Campeonato Nacional de Bodyboard de 2011 ter lá passado. Também já não é segredo as ondas da "fajã de Santo Cristo", na ilha de São Jorge.

Aliás é bom que se divulguem estas ondas para que o turismo nos Açores se desenvolva e que os açorianos possam beneficiar com empregos desse facto. Ao nível do bodyboard, permitirá a atletas como o Rodrigo Rijo e o Pedrim Correia possam viajar mais vezes para o continente com preços mais acessíveis.

Manuel Centeno é o campeão Bodyboard Pro Tour 2014


Segundo a página do facebook da APB, Manuel Centeno venceu a 2ª prova Prime e soma o seu 7* título de Campeão Nacional. Segundo a organização, brevemente serão disponibilizados os resultados da prova. 



Afinal como se medem as Ondas?


A ProneMediah lançou o desafio - Afinal como se mede as Ondas?

É pela frente? É por trás? Existem outras formas?

As ondas quebram em diferentes terrenos que estão dispostos de várias formas e ângulos, o que faz com que a onda seja diferente de spot para spot. Os puristas dizem que a onda é medida por trás, tal qual Pipeline, mas se assim for locais como Teahuppo fica com um tamanho ridiculo, face à forma que a onda assume, ou seja, uma dimensão enorme à frente e uma dimensão mínima a trás.

Julgo que as ondas devem ser medidas à frente, pois é a zona que é surfada. A parte de trás é diferente de onda para onda e que depende da forma como a onda quebra sobre o solo. 

Amaury Lavernhe (video)

Amaury Lavernhe a "mandar" um 360º numa zona inesperada, mas a arrebentar!

The World Champion at Home ... Performance videos from Nicolas Nachaj on Vimeo.

Demolições na Costa Algarvia


Já antes tínhamos publicado sobre as demolições na Ilha de Faro e na Ria Formosa, no Algarve. A onda deste local (ilha de Faro) é um mito e não acreditem em tudo o que lêem, mas a verdade é que a onda da ilha de Faro, que apenas quebra algumas vezes por ano, voltará ao seu cenário natural, pelo menos é a promessa do Governo.

Hoje a TVI noticiava as demolições das barracas da Ria Formosa com os pescadores a prometerem resistência.  Vão abaixo cerca 150 barracas situadas nos ilhotes – Ratas, Coco, Altura e Cobras. A operação irá custar entre 2,5 e 3 milhões de euros. O concurso público para a empreitada, lançado pela sociedade Polis da ria Formosa, encontra-se em fase de adjudicação. No passo seguinte, o plano das demolições dirige-se para ilha de Faro, atingindo apenas casas de segunda habitação, situadas a nascente e poente.

E no sexto dia o Sol voltou

Foto: nickymeatball

Ao sexto dia o Sol voltou. A chuva inundou o país, o povo estava com receio da maré cheia combinada com as ondas de 3 metros, mas o Sol regressou, pelo menos para hoje.

20 Novembro 2014

A história de Jacob Romero (atualizada) - com vídeo



Os clips de Bodyboard de topo são divulgados como se fossem um virus por toda a internet do Bodyboard, mas este clip tem uma história que vale a pena contar.

Depois de um ano fantástico do Jacob Romero que o premia com um Top 24 Mundial e um lugar no Circuito Mundial, o Havaiano enfrenta o pior de todos os cenários, a perda do seu patrocínio de pranchas. A vida é muito dura e logo no ano em que o Jacob está presente entre os maiores, fica sem a Turbo. Outros patrocinados da Turbo já tinha ficado pelo caminho, como o Damian King, o Elliot Morales, o Porkito e o Jared Houston

O Jacob está determinado e decide ir para o Chile com um empréstimo bancário. Super motivado (e com a corda ao pescoço) o Jacob faz um grande 5º lugar no Arica Pro 2013 e protagoniza um dos momentos mais altos do evento, com um aéreo gigante numa onda tambem gigante.

Provou que consegue fazer bons resultados, mas a caminhada a partir daqui é longa e dificil. Terá de procurar a consistência de resultados e uma mentalidade competitiva, para poder construir a sua imagem de atleta junto do público, algo que neste momento só uns 6 Bodyboarders possuem.

O apoio ao Jacob tem surgido de todos os lados, falta é alguem chegar-se à frente com o pilim.

Quando Jacob consegue chegar ao Mens World Tour e entrar diretamente nas provas Grand Slam Series, o circuito IBA colapsa e chega ao fim.

Jacob em 2014 é patrocinado pela marca de pranchas N.º 6, ainda participou em algumas provas da APB (que ficou a tomar conta do circuito), mas já não é a mesma coisa.

Dino Carmo (The Canyon´s Child)



Dino Carmo começa a ser um caso sério para o melhor underground bodyboarder português. As ondas que ele surfa não são quaisquer ondas, são ondas a sério... Parece que temos o substituto para o Porkito e afinal os big riders não morreram...

'The Canyon's Child' - DINO CARMO from Pedro Luis on Vimeo.

Paraísos na Terra: Koh Yao Noi

Um pequeno filme de Philip Bloom sobre uma ilha na Tailândia Koh Yao Noi. Simplesmente soberbo, tudo o que foi feito aqui.



Koh Yao Noi from Philip Bloom on Vimeo.

As prioridades em Pipeline


Ontem fizémos referência ao localismo. Hoje, através do vídeo infra, fazemos uma lista de prioridades descrita por Reef McIntosh.

- Derek Ho
- Michael Ho
- Sunny Garcia
- Etc. (Wolfpak)
- Makua Rothman
- Jamie O´Brien
- Marcus Hickman
- Danny Fueller
- Justin Barca
- etc.
- Jonh Jonh Florence
- Groms



Qual a prioridade do Mike Stewart?




Barras marítimas fechadas devido ao mau tempo

© Correio da Manhã/Cofina Media Correio da Manhã/Cofina Media

A ondulação com algum tamanho que verificámos no windguru e no magic seaweed não desiludiu e entrou em força na costa portuguesa. Em consequência as barras de Aveiro e da Figueira da Foz estão fechadas a embarcações de comprimento inferior a 15 e 35 metros, também.

Apesar de não serem das maiores ondas, na costa ocidental prevêm-se ondas de noroeste com 3,5 a 4,5 metros, diminuindo gradualmente para 2,5 a 3,5 metros, enquanto na costa sul são esperadas ondas de sueste com 2 a 2,5 metros.
 
A previsão de agitação marítima forte levou o IPMA a emitir aviso amarelo para dez distritos do continente e para o arquipélago da Madeira. Segundo o IPMA, os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa, Setúbal, Beja e Faro estão desde as 19h00 de quarta-feira e até às 21h00 desta quinta-feira sob aviso amarelo devido à previsão de agitação marítima, prevendo-se ondas de noroeste com 4 a 4,5 metros.


As 10 ondas mais perigosas do mundo

 Cyclops

O que é que categoriza uma onda de perigosa? A sua dimensão, as rochas à espreita como cogumelos? A verdade é que não é possível estabelecer um critério sem que exista alguma polémica. Muitas ondas existirão e apesar de nomearmos 10 não temos qualquer ordem de preferência.

Apesar de tudo elegemos três caraterísticas comuns: dimensão, rochas e ser uma onda técnica

 Cave
 Annaelle
 El Gringo
 Pipeline
 Sapinus
 Shipsterns

 Teahupoo
Troll
Itacoatiara



Ericeira - Fábrica de Ideias



Para além da Ericeira ser uma fábrica de ondas, quer também ser uma fábrica de ideias, por iniciativa da CM da Ericeira, uma espécie de Shark Thank sem o júri.

A Ericeira Business Factory destina-se a todos os negócios relacionados com o MAR, com as indústrias do surf, desportos de ondas, pesca, aquacultura, biologia marinha ou energia, bem como a todas as actividades que valorizem os recursos naturais, históricos e culturais da região, nomeadamente o turismo e o lazer. Página do facebook


Jake Stone Vira Personal Trainer



Jake Stone, o rider da VS, lançou um vídeo onde diz que quer mostrar o seu treino diário, o Bodyboard Coaching Clinic.

contrast from jake stone on Vimeo.

Surf Art by Damian Fulton


Ao procuramos uma imagem para a crónica "O Localismo é idiota" encontrámos a arte de Damian Fulton. Não vale a pena escrever o que quer que seja, as imagens valem por si.





Mais aqui.

50 Tubos em Bodyboard


Tubos, tubos e mais tubos, sempre profundo e sempre em Bodyboard.

19 Novembro 2014

O Localismo é idiota

Damian Fulton

Hugo Grócio foi um pensador do final século XVI, autor do livro Mare Librum sobre a liberdade dos mares. Como é evidente naquele tempo, sendo holandês, ele era defensor da livre circulação marítima, em oposição aos pensamentos protecionistas dos portugueses e espanhóis.

Naquela altura aos portugueses e espanhóis interessava o mare clasum, o direito sobre determinadas águas, já que tal direito afastava os outros países de navegarem para a Índia e para as Américas, dominando o comércio marítimo.

Qualquer historiador ou leitor de obras sobre aquela temática antecipa aqui um jogo de interesses, onde o vil do metal é o mal de todas as ganâncias. No fundo o Homem é sempre aquele ser que explora o próximo custe o que custar, onde em causa está sempre um bem que se pretende possuir, seja especiarias, ouro, prata, escravos ou uma praia/onda.

A questão da territorialidade sobre uma onda transcende todos os padrões, até do mais positivista laxista. Não há lei escrita e publicada que se sobreponha ao costume do surf, até o mais racionalista coloca em causa o seu pensamento em virtude desta regra.

Como é evidente existem regras que não necessitam de estar escritas para serem sagradas. Podemos pensar no princípio do cumprimento do previamente acordado. Todos sabemos que um acordo entre partes é para cumprir e temos consciência que se quebrarmos o acordo a outra parte não irá ficar satisfeita. É universal. É conscientemente justo.

A justiça de uma medida é inata a qualquer ser humano, podemos não concordar, mas sabemos no âmago que ao quebramos o acordo não estamos a ser justos. Podemos arranjar desculpas, mas lá no fundo sabemos que estamos a ser desonestos.

É por isto que o localismo é irracional, não é justo e todos sabemos disso.

O localismo não é justo para quem não teve a oportunidade de nascer ao pé do Mar, para quem não pode viver ao pé do Mar e é por isso que o "local" arranja desculpas esfarrapadas para o seu cérebro e profana que é local. É como nascer com uma condição física ou nascer num determinado país ou ser de uma etnia.

O localismo rompe com qualquer regra da sociedade, com qualquer lógica de uma pessoa sã.

Não confundir localismo com respeito, pois são coisas diferentes. Como é evidente respeita-se aquela pessoa que está muito habituada à onda, tem muitos anos de casa, mas não estamos sujeitos ao seu pseudo poder régio.

O localismo é como o racismo, é uma regra injusta, é idiota!

Percorrer as ondas para além dos cifrões



Uma pessoa de carácter, é aquela com boa atitude, tem discernimento do que quer, sabe se comportar, respeita os outros, respeita a si mesmo, não provoca escândalos e tem princípios éticos e morais. Uma pessoa de carácter deve saber respeitar e cumprir com o seu dever de cidadania, respitar e defender sua pátria e ensinar os bons princípios da ética e da moral aos demais.

Uma pessoa de carácter não usa artifícios, artimanhas ou estratagemas para os seus fins, é honesto consigo e com os outros. É um caminho difícil de percorrer, mas alcançável.

O bodyboard é uma "pessoa" de carácter, entramos na água com boa atitude, respeitamos a natureza e os demais, apanhamos as nossas ondas e partilhamos as melhores com os nossos amigos.

Para praticar o bodyboard apenas precisamos de uma prancha e de um par de barbatanas, não é necessário mais nada. Aqueles que vêm o bodyboard como uma maneira de estar de usufruir do que a natureza melhor proporciona SABEM que tudo o resto que nos tentam impingir não importa.

Percorrer as ondas para além dos cifrões (não se refere aqueles que o usam como meio de subsistência), é um modo de estar, da partilha da cultura da amizade. É sobretudo um mote, pelo menos um princípio para começarmos a pensar. 


http://palavrascomsal.blogspot.pt/2012/08/percorrer-as-ondas-para-alem-dos-cifroes.html 

Hubboards Red Cam Remix (vídeo) - Icarus

Mais uma vez podemos contemplar a arte do voo sem asas de Jeff hubbard. Ele é ainda melhor que Icarus, pois voa sem asas. Mas não deixa de estar abrangido pela maldição dado que apesar da prancha de Jeff não ser de cera, a altura dos voos é enorme e qualquer posição errada poderá resultar na lesão do artista.

Hubboards Red Cam Remix from Sand Filmes on Vimeo.

Icarus - Filho de Dédalo e de uma escrava, Ícaro morreu vítima das invenções do pai, que ele utilizou sem fazer caso das advertências paternas. Eu te previno, Ícaro, tens de fixar teu curso numa altura média. Aprisionado no labirinto, com seu pai que ajudara Ariana e Teseu a matar o Minotauro, ele consegue evadir-se com o auxílio de Pasífae e graças às asas que Dédalo lhe fez e que ele fixou com cera sobre os ombros. Ícaro voou por cima do mar. E desprezando todos os conselhos de prudência elevou-se cada vez mais alto, cada vez mais perto do Sol. A cera derrete e ele precipita-se no mar. 

Frio do Ártico chega ao Havai



As alterações climáticas estão aí. Todos os estados dos EUA foram ontem atingidos por temperaturas abaixo de zero, incluindo o Havai (que regista 7º celcius), e nalgumas zonas caíram quase dois metros de neve em 24 horas. Segundo os meteorologistas foi a manhã mais fria de novembro nos Estados Unidos desde 1976.


O tempo é descrito pela agência Reuters como atipicamente frio para a altura do ano. No estado de Nova Iorque, uma tempestade de neve dez o governador declarar estado de emergência, e contribuiu para quatro mortes.

Em Buffalo, Nova Iorque, a neve era especialmente forte devido ao efeito da passagem das nuvens sobre o Lago Erie. Quando os ventos frios passam por cima da água mais morna do lago, ganham energia e recolhem vapor de água, que congela e é depois depositado sob a forma de neve nas costas. O efeito foi filmado por vários residentes de Buffalo, e os vídeos são impressionantes.

O frio ártico obrigou a fechar estradas e a Guarda Nacional foi convocada em Nova Iorque para ajudar os residentes a lidar com a tempestade. Mas mesmo nos estados mais a sul, como na Florida, foram registadas temperaturas negativas. O National Weather Service explica que, normalmente, temperaturas tão frias só em janeiro ou fevereiro.

Fonte: DN
 

40 anos de Northshore Hawaii



A Surfline mais uma vez apresenta-nos uma infografia espetacular. São quarenta anos em fotos do Northshore no Havai. Quarenta anos de fotografias icónicas, tudo aqui.

  



Porque é que os Bodyboarders vão deitados?


Porque fica mais fácil dropar as montanhas gigantes na rebentação, porque querem fazer ondas mutantes em lages perigosas e porque querem aparecer em fotos de "slabs" mortais...

Sim, os Bodyboarders são hardcore!

David Winchester - Spitfire

Follow Us

JB Drawings

Bodyboard Bahia

Ride It!

© Palavras de Sal All rights reserved | Theme Designed by Seo Blogger Templates